Follow by Email

Páginas

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Pedido do Papa à Síria

Cristãos árabes acolhem com emoção convite do Papa


Dom Mario Zenari
Núncio Apostólico na Síria

       Os líderes cristãos das Igrejas Orientais acolheram com “comoção” o apelo de paz na Síria, feito no último domingo, dia 1º, pelo Papa Francisco. Eles relataram que o convite para a vigília, que será realizada no dia 7 de setembro, causou grande efeito em meios aos fiéis árabes. “As comunidades cristãs na Síria, no Oriente Médio e na diáspora estão felizes e prontos para se juntar em jejum e oração”, destacam em comunicado à Agência Fides.
       O Patriarca maronita de Beirute, o Cardeal Bechara Rai, visitou no domingo, dia 1º, o patriarca greco-ortodoxo de Antioquia, Youhanna Yazigi. Os dois líderes disseram que estavam "profundamente confortados pelo apelo do Papa", e se comprometram em conscientizar todas as comunidades para a oração em comum. Em declaração conjunta redigida após a reunião, os líderes pedem "a todos os países estrangeiros na região que se esforcem para resolver o conflito por meios políticos, diplomáticos e pacíficos."
       No comunicado, os patriarcas afirmam ser contra qualquer intervenção militar estrangeira na Síria. “Nós queremos sempre falar a linguagem do diálogo e da paz", declararam. Os líderes reafirmaram o compromisso dos cristãos em colaborar com a paz e desenvolvimento na região. "Nós, cristãos, no mundo árabe contribuímos na construção de nossa cultura e nossa sociedade, sempre com uma cultura de convivência e de moderação”, concluíram.
       O Núncio Apostólico na Síria, Dom Mario Zenari, considera o apelo feito pelo Papa pela Síria um chamado à consciência de todos, especialmente dos que detêm o poder. Segundo o núncio, a iniciativa será apreciada também pelos muçulmanos, que estimam muito a a oração e o jejum. “Eu diria que este apelo do Papa constituirá uma luz, uma semente de esperança para todos” concluiu Dom Zenari.


Fonte: Canção Nova Notícias
Capa CN Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário