Follow by Email

Páginas

segunda-feira, 22 de julho de 2013

JMJ Rio2013: Efetivo do Corpo de Bombeiros

Corpo de Bombeiros terá efetivo de 1,7mil homens na JMJ Rio2013



       Para garantir o atendimento rápido dos peregrinos durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013), o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro vai trabalhar com um efetivo de 1,7 mil militares, 150 viaturas, 27 embarcações e dois helicópteros. Durante os Atos Centrais, em Copacabana e Guaratiba, eles serão auxiliados por 3 mil socorristas treinados pela Cruz Vermelha.
       De acordo com o superintendente extraordinário para grandes eventos da Secretaria de Estado de Defesa Civil, coronel Wanius Amorim, o objetivo é garantir o menor tempo de resposta possível nos atendimentos, protegendo os peregrinos sem deixar de atender a rotina da cidade. "Estamos preparados para atuar em todos os tipos de socorro. Mobilizamos recursos extras para atender as situações mais adversas", explicou o coronel.
       Os efetivos do Corpo de Bombeiros estarão presentes nas regiões de maior concentração de público. Além das áreas onde ocorrerão os Atos Centrais e Atos Especiais, como o Palácio São Joaquim e a Catedral Metropolitana, os militares atuarão no Sambódromo, nas proximidades da residência oficial do Pontífice, no Sumaré, nos itinerários dos deslocamentos do Papa na cidade e nos aeroportos. Áreas turísticas e zonas hoteleiras também contarão com a presença de bombeiros.
       Para garantir o reforço nos quartéis e grupos táticos distribuídos pela cidade, a corporação vai contar ainda com o Regime Adicional de Serviço. "Vamos ter o dobro do efetivo de cada quartel. Passaremos de 700 para mais de 1,7 mil bombeiros por dia nos Atos Centrais e Especiais", afirmou o coronel.
       O reforço operacional terrestre será feito em três categorias de socorro: os Grupos de Intervenção Rápida realizarão ações básicas de prevenção e combate a princípios de incêndio; os Grupos Táticos Avançados farão também salvamentos e atendimentos a emergências médicas; e as equipes de Força-Tarefa atuarão em situações em que houver necessidade do uso de viaturas de maior porte.
       No mar, lanchas, botes infláveis e motos aquáticas serão utilizados nos salvamentos marítimos, bem como duas aeronaves, que farão os resgates aeromédicos.


Socorristas
       Três mil socorristas também atuarão durante os Atos Centrais da JMJ Rio2013 sob a coordenação do Corpo de Bombeiros. Serão 2.400 voluntários e 600 integrantes da Cruz Vermelha. Durante os eventos realizados em Copacabana, Missa de Abertura, Cerimônia de Acolhida do Papa e Via-Sacra, haverá quatro postos da Cruz Vermelha nas principais vias de acesso.
       “Estaremos em duas estações de metrô, a Cardeal Arcoverde e a Siqueira Campos, e nas entradas pelo Arpoador e pela Avenida Princesa Isabel”, informou Thiago Quintaneiro, Supervisor Geral da Operação e integrante do Setor de Juventude da Cruz Vermelha.
       Nesses postos, os agentes vão cadastrar as crianças com até 12 anos de idade. “Assim que os responsáveis chegarem com as crianças, devem procurar um desses postos, onde serão fornecidas pulseiras de identificação. Dessa forma, caso alguém se perca, a busca será facilitada”, disse. Os postos também funcionarão como ponto de encontro.
       Já nos dias 27 e 28, dias da Vigília e da Missa de Envio em Guaratiba, haverá 16 postos da Cruz Vermelha ao longo das vias de acesso ao Campus Fidei (Recreio, Santa Cruz e Campo Grande). Além desses, serão disponibilizadas 14 pontos de atendimento da própria JMJ Rio2013 com médicos e enfermeiros de prontidão e duas ambulâncias em cada um. Dentro do Campus Fidei estarão disponíveis também 13 postos de saúde.


Fonte: Site oficial da JMJ Rio2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário